domingo, janeiro 16, 2011

Pela estrada, um novo caminho a percorrer

Sentada, na varanda de casa fumando um Lucky Strike ela pensa em como as coisas poderiam ter sido diferentes, que ela poderia ter dado mais valor e ter ido visitar a quem tanto fazia juras de amor, mais isso não aconteceu e ela com medo de ser feliz acabou esquecendo que o maior medo é o de ficar sozinha, e num belo dia recebeu uma noticia que acabara com sua vida "eu não te amo mais"!
Quatro palavras que ao ver de leigos e desinterassados no amor não conhecem o cruel significado dessas palavras e o que ela pode fazer? nada.
Ela não podia simplismente dizer "eu quero que você me ame agora" seria um tanto quanto utopico pois ninguém é obrigado a amar a outra pessoa sem se quer senti-lo mesmo. Ela não podia fazer nada, a não ser chorar, chorar. E no seu último trago decidiu que ali começaria uma nova vida, uma nova caminhada e prometeu a si mesma que não iria deixar escapar mais nenhuma oportunidade em sua vida, mesmo que por uma falha poderá dar tudo errado, ela está decidida a arriscar, se jogar no novo dessa vez sem medo de ser feliz!
Toda sorte pra ela, vulgo (eu).

1 palpites:

Luiz Miguel disse...

Bom post um selo te espera amiga: http://garimpodoeu.blogspot.com/p/reconhecimento.html

Postar um comentário

 
;